Tradução polêmica de Batman causa burburinho na internet

Termo criado por Reinaldo Azevedo – “petralha”, que une as palavras “petista” e “metralha”, foi usado em quadrinho do Batman

No dia 15 de janeiro, o leitor Flávio (o sobrenome não foi divulgado), de Porto Alegre/RS, abriu um tópico no fórum de discussões Miolos estranhando uma tradução na história “Cavaleiro da escuridão – Perolado e o poço”, escrita por Grant Morrison e desenhada por Cameron Stewart, e publicada em Batman # 98, da Panini Comics. Na página 34, um carcereiro que acompanha Batman na prisão diz a seguinte frase: “E o maldito petralha tem o dia todo para desfraldar seus impropérios…” O estranhamento se deu pelo uso de “petralha” como tradução de nasty, que significa sujo, asqueroso, imundo, indecente, fedorento, sórdido, porco. Este termo é um neologismo criado pelo colunista Reinaldo Azevedo, da revista Veja unindo “petista” com “irmãos Metralha”, personagens da Disney que são notórios ladrões. Azevedo é autor de um livro intitulado O país dos petralhas.

http://www.publishnews.com.br/telas/clipping/detalhes.aspx?id=62142



Luiz Fernando Casanova Doin
Autor: Luiz Fernando Casanova Doin
é fundador e sócio-diretor da BTS – Business Translation Services, empresa de tradução sediada em São Paulo com mais de 15 anos de existência e mais de 5.000 clientes atendidos. Formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (USP) e em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), é um apaixonado pela área de tradução e um estudioso do setor que procura aliar seus conhecimentos acadêmicos e experiência à prática tradutória.

Deixe uma resposta