Japoneses inventam tradutor de latidos

Só podiam ser eles! Os japoneses apresentaram sua mais nova invenção durante a feira anual de brinquedos, em Tóquio. É o Bowlingual Voice, um aparelho capaz de interpretar os latidos e ”traduzí-los” para frases equivalentes em japonês.

O Bowlingual Voice é composto por um colar com microfone, preso à coleira do animal, e uma unidade de mão, que fica em poder do dono. O microfone capta e analisa os latidos e transfere os resultados para a unidade de mão, por meio de uma conexão sem fios. O equipamento compara as informações com um banco de ”frases” pré-determinadas e mostra o resultado mais provável na tela. Assim, fica fácil saber que os ganidos agudos e insistentes no meio da noite significam ”não me deixe sozinho”.

A principal diferença deste aparelho para os demais, que estão no mercado desde 2002, é a capacidade de falar em voz alta o que o animal diz, usando um sistema de síntese de voz. Além disso, o banco de frases foi ampliado e aumentou a suposta precisão na interpretação dos latidos. O Bowlingual Voice chega ao mercado japonês em agosto, com preço sugerido de cerca de R$ 400.

http://www.dgabc.com.br/News/5755376/japoneses-inventam-tradutor-de-latidos.aspx

 



Luiz Fernando Casanova Doin
Autor: Luiz Fernando Casanova Doin
é fundador e sócio-diretor da BTS – Business Translation Services, empresa de tradução sediada em São Paulo com mais de 15 anos de existência e mais de 5.000 clientes atendidos. Formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (USP) e em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), é um apaixonado pela área de tradução e um estudioso do setor que procura aliar seus conhecimentos acadêmicos e experiência à prática tradutória.

Deixe uma resposta