Logo BTS Empresa de Tradução

Google vê futuro com traduções instantâneas

Sobre o autor

BTS: Luiz Fernando Casanova Doin

Luiz Fernando Casanova Doin

é fundador e sócio-diretor da BTS – Business Translation Services, empresa de tradução sediada em São Paulo com mais de 15 anos de existência e mais de 5.000 clientes atendidos. Formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (USP) e em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), é um apaixonado pela área de tradução e um estudioso do setor que procura aliar seus conhecimentos acadêmicos e experiência à prática tradutória.

Na visão de futuro do Google, as pessoas poderão traduzir documentos instantaneamente para os principais idiomas do mundo, usando lógica de máquina e não especialistas em línguas. A abordagem do Google, conhecida como tradução mecânica estatística, difere de esforços passados por abrir mão de especialistas em idiomas que programam regras gramaticais e dicionários em sistemas de computação.

Em lugar disso, o método alimenta um banco de memória com documentos traduzidos para dois idiomas por seres humanos, e confia que os computadores consigam discernir padrões que serão usados em futuras traduções.

Embora a qualidade não seja perfeita, trata-se de uma melhora com relação aos esforços anteriores de tradução mecânica, disse Franz Och, 35, o alemão que comanda o projeto de tradução do Google.

“Algumas pessoas que trabalham há muito tempo com traduções mecânicas e vêem os nosso resultados em textos árabe-inglês dizem que são excelentes, um verdadeiro avanço”, ele afirmou.

“E outras pessoas que nunca viram trabalhos de tradução mecânica…, quando percorrem a sentença, apontam um primeiro erro lá para a quinta linha. Dizem que a tradução não parece estar funcionando por causa daquele erro”, acrescentou.

Mas, para algumas tarefas, uma tradução quase correta é boa o bastante.

Falando em almoço no refeitório do Google, famoso por oferecer comida saudável e gratuita, Och mostrou uma tradução de um site noticioso árabe para um inglês legível.

Dois funcionários do Google que falam russo e estavam almoçando em uma mesa próxima disseram que a tradução de um site noticioso em inglês para seu idioma de origem era compreensível, mas um pouco desajeitada.

Och, que fala alemão, inglês e um pouco de italiano, alimentou o computador com milhões de palavras de textos paralelos em árabe e inglês, usando documentos da Organização das Nações Unidas e da União Européia como fontes essenciais.

No caso de idiomas onde não exista grande volume de textos traduzidos, como é o caso de certas línguas africanas, os obstáculos serão maiores.

Fonte: http://buscador.terra.com.br/Default.aspx?source=Search&ca=n&query=tradu%e7%f5es&order=

4.8/5 - (5 votes)

Compartilhe esse Post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp