Dilma escolhe mulher para tradutora

Sobre o autor

Luiz Fernando Casanova Doin

é fundador e sócio-diretor da BTS – Business Translation Services, empresa de tradução sediada em São Paulo com mais de 15 anos de existência e mais de 5.000 clientes atendidos. Formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (USP) e em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), é um apaixonado pela área de tradução e um estudioso do setor que procura aliar seus conhecimentos acadêmicos e experiência à prática tradutória.

Equipe será totalmente reformulada pela presidente; presença feminina cresce

Dentro da proposta de aumentar a participação feminina no governo, a presidente Dilma Rousseff terá uma mulher como tradutora de espanhol e italiano: Cynthia García, mexicana, filha de brasileira.

Cynthia chegou a fazer alguns trabalhos para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e, agora, será efetivada nessa função. Independentemente da fluência do presidente em outros idiomas, o Palácio do Planalto mantém um grupo de tradutores à disposição do gabinete presidencial.

Ainda não foram definidos os tradutores de inglês e francês, mas já está certo que os que atendiam Lula serão substituídos. Esses profissionais são contratados pelo Itamaraty para prestação de serviços eventuais. Lúcio Reiner, tradutor de francês e espanhol de Lula, é consultor da Câmara e será, agora, assessor internacional do vice-presidente Michel Temer.

Sérgio Xavier Ferreira, que era a sombra de Lula nos eventos internacionais mundo afora, acompanhou a presidente Dilma no dia da posse, mas não continuará atendendo à Presidência. A definição dos novos tradutores do Planalto deve acontecer ainda este mês.

Embora a presidente domine o francês, o inglês e o espanhol, a praxe do serviço público é ter tradução mesmo assim, por causa dos termos técnicos e das expressões regionais.

O ex-presidente Fernando Henrique, que também falava essas línguas, em atos oficiais era sempre acompanhado por tradutores. Nem sempre utilizava os seus serviços, como também deve fazer a presidente Dilma.

Fonte: http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/01/05/dilma-escolhe-mulher-para-tradutora-353893.asp

Compartilhe esse Post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp