Como a Tradução Financeira pode ajudar no combate às fraudes

Sobre o autor

BTS: Luiz Fernando Casanova Doin

Luiz Fernando Casanova Doin

é fundador e sócio-diretor da BTS – Business Translation Services, empresa de tradução sediada em São Paulo com mais de 15 anos de existência e mais de 5.000 clientes atendidos. Formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (USP) e em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), é um apaixonado pela área de tradução e um estudioso do setor que procura aliar seus conhecimentos acadêmicos e experiência à prática tradutória.

Como-a-Traducao-Financeira-pode-ajudar-no-combate-as-fraudes

Tradutores profissionais que atuam na área da tradução financeira podem, e devem, intervir na luta contra crimes como a corrupção, lavagem de dinheiro e roubo de dados.

Sua participação em due diligences para processar documentos sensíveis em um idioma estrangeiro pode ocorrer principalmente em cinco níveis: revisão preliminar dos documentos, informações sobre sua origem, verificação de fatos, conhecimento de técnicas e conformidade com as normas de prevenção a fraudes.

Confira como cada etapa funciona e como a tradução financeira pode ajudar.

1- Revisão preliminar dos documentos a serem traduzidos


Muitas vezes há uma forte tendência de começar com uma tradução completa de todos os documentos antes de examinar o conteúdo traduzido. No entanto, isso pode representar uma perda de tempo significativa, bem como custos desnecessários.

Dessa forma, é preferível adotar uma abordagem estruturada de risco, baseada na colaboração entre os profissionais da área financeira e os serviços especializados de tradução financeira: o processo começa com uma revisão dos documentos em um idioma estrangeiro para identificar possíveis riscos de fraude. Por exemplo, o gerente de projetos em questão será capaz de destacar as informações mais relevantes, bem como os elementos potencialmente suspeitos. Esses dados serão então traduzidos como uma prioridade.

2- Informações sobre a origem dos documentos


O tradutor financeiro também deve ser incentivado a usar sua experiência no setor e conhecimento local para aprender sobre a fonte do material. Ele também pode identificar, extrair e examinar alguns dados importantes.

Este procedimento adiciona uma etapa adicional e independente à due diligence e ao processo de revisão completo. Porém, para que as traduções sejam válidas, elas devem ser certificadas pelo tradutor ou pela empresa de tradução financeira.

3- Verificação de fatos


Outra etapa é verificar os fatos. O gerente de projetos estará no comando, mas as habilidades do linguista também podem ser utilizadas aqui. Seu conhecimento do mercado local, bem como suas habilidades analíticas e de pesquisa podem ajudar a identificar irregularidades, que podem indicar qualquer atividade suspeita nos documentos ou conversas. Este é particularmente o caso durante a fase de Conheça seu Cliente (KYC). Da mesma forma, esses comentários podem ser feitos no caso de uma notificação durante a revisão e tradução inicial do documento.

4- Conhecimento das técnicas


Finalmente, os profissionais que lutam contra a lavagem de dinheiro e pela conformidade, a equipe de relacionamento com o cliente e os linguistas devem ser treinados para entender os riscos específicos associados aos documentos multilíngues e como minimizá-los com eficácia.

Seria bom se o conhecimento compartilhado nesta estrutura incluísse ferramentas e técnicas investigativas utilizadas por profissionais de aplicação da lei, estudos de caso de melhores práticas e exemplos do que não fazer, além das tipologias criminais que descrevem tentativas de burlar procedimentos anticorrupção.

5- Cumprimento da norma


No Brasil, a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil, sistema denominado ‘Antifraude’, contém um conjunto de informações prestadas pelas próprias ACs sobre tentativas de fraudes na emissão de certificados digitais. Esse sistema inclui dados biográficos e empresariais dos supostos fraudadores, como a imagem da face e do documento de identificação utilizado.

As empresas comprometidas garantirão que estão anuentes em todas as suas operações e em todas as jurisdições. Para fazer isso, um serviço de tradução financeira confiável é essencial. Com efeito, a diligência razoável nesta área, e em particular nas operações jurídicas e financeiras estrangeiras, deve incluir o que pode ser evitado pela linguagem, na medida em que a desinformação ou a má comunicação muitas vezes são a origem da atividade criminosa internacional.

A equipe da BTS sabe que sua participação na luta contra a fraude e a corrupção é essencial, por isso temos profissionais capacitados e instruídos para ajudar qualquer projeto de sua empresa.

Entre em contato e saiba mais!

Compartilhe esse Post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp