Logo BTS Empresa de Tradução

As seis melhores práticas de Tradução Financeira

Sobre o autor

BTS: Luiz Fernando Casanova Doin

Luiz Fernando Casanova Doin

é fundador e sócio-diretor da BTS – Business Translation Services, empresa de tradução sediada em São Paulo com mais de 15 anos de existência e mais de 5.000 clientes atendidos. Formado em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo (USP) e em Comunicação Social com ênfase em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), é um apaixonado pela área de tradução e um estudioso do setor que procura aliar seus conhecimentos acadêmicos e experiência à prática tradutória.

As seis melhores práticas de tradução financeira

A Tradução Financeira é fundamental para bancos, seguradoras e outras instituições financeiras que buscam ampliar o acesso aos seus serviços. 

As instituições financeiras precisam frequentemente se comunicar e disponibilizar informações críticas em vários idiomas conforme expandem seus negócios e estabelecem escritórios em diferentes partes do globo.

No entanto, graças à sua complexidade, a Tradução Financeira é um dos tipos de tradução mais desafiadores de todos. Uma boa empresa de Tradução Financeira vai muito além do que apenas reescrever o conteúdo de um documento de origem no idioma de destino.

Vamos mostrar como as melhores práticas de Tradução Financeira podem ajudar sua empresa, por meio do conhecimento profundo dos termos financeiros e conceitos específicos do setor e da maneira na qual eles evoluíram no mundo impulsionado pela tecnologia.

1. A Tradução Financeira exige conhecimento técnico especializado

Uma empresa de Tradução Financeira precisa utilizar tradutores financeiros que dominem a área, seja pela sua formação ou por trabalharem nesse mercado específico.

Sem conhecimento específico, o tradutor não consegue entender as nuances de um documento financeiro, que inclui linguagem complexa e jargões específicos, raramente conhecidos por pessoas que não atuam no setor.

Por isso, a equipe da BTS conta com profissionais familiarizados com o mercado financeiro, sendo que alguns são ex-executivos financeiros. 

2. A educação contínua é fundamental

Poucos setores passaram por tamanha inovação quanto o financeiro nos últimos 30 anos. De empresas de serviços financeiros globais, como as fintechs, passando pela implementação da tecnologia do blockchain, os mercados financeiros em todo o mundo enfrentam muitas mudanças diariamente.

Diante desse cenário, as empresas de tradução não podem atender às necessidades dos seus clientes sem uma atualização contínua. Por isso, a BTS incentiva que seus tradutores continuem estudando o mercado financeiro e se especializando em outras áreas relacionadas no decorrer de suas carreiras. 

3. Os tradutores precisam se manter atualizados sobre os novos termos financeiros

O setor financeiro anda de mãos dadas com a tecnologia e a inovação, o que leva ao surgimento de novos conceitos financeiros no mercado quase todos os dias. Isso também significa diversas novas palavras “da moda” a serem adicionadas a um glossário já enorme de termos e expressões específicos.

Nós da BTS sempre acompanhamos as tendências e absorvemos o máximo possível sobre a tecnologia mais recente do universo financeiro. 

4. As memórias de tradução aumentam a produtividade do tradutor

Muitos termos financeiros são tão novos que talvez ainda não tenham uma tradução exata para outros idiomas. Essas palavras não aparecem nos dicionários e são difíceis de traduzir sem um bom conhecimento do mercado local.

Uma maneira inteligente de enfrentar esse desafio é utilizar memórias e glossários de tradução. Estas ferramentas permitem o armazenamento de dados de projetos de tradução anteriores e sua reutilização em projetos similares. Ao longo dos nossos 25 anos de atuação, construímos um enorme repositório de memórias de tradução, contando com um banco terminológico muito rico.

Isso nos possibilita oferecer traduções consistentes e agilizar o processo tradutório, sem afetar a qualidade do conteúdo.

5. A confidencialidade é imprescindível 

Na Tradução Financeira, os nossos especialistas costumam trabalhar com dados confidenciais das empresas, como detalhes sobre produtos ainda não lançados, fusões e aquisições ou informações financeiras de clientes.

Por isso, é fundamental contratar uma empresa de Tradução Financeira que leva a confidencialidade a sério. 

6. Conformidade com os regulamentos locais

As traduções financeiras devem ser precisas. Não há margem para erros ou interpretações em documentos que podem decidir o futuro de uma pessoa ou a conformidade de uma instituição financeira com as regras locais.

Nos documentos financeiros, muitos detalhes podem alterar todo o sentido da tradução, como os formatos dos números. Por exemplo, na maioria dos países europeus, as vírgulas são utilizadas para separar valores decimais, enquanto em países como a Suíça, o ponto é o separador de casas decimais, enquanto os apóstrofos separam os milhares.

Um olhar atento aos detalhes e um conhecimento profundo do ambiente financeiro local pode evitar o fracasso das traduções. 

A BTS leva essas e outras práticas muito a sério. 

Para saber mais, entre em contato conosco e obtenha o melhor resultado possível para o seu projeto de Tradução Financeira.

5/5 - (4 votes)

Compartilhe esse Post:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp