Site em português Site em inglês
BTS - Business Translation Services 11 3289.2289
info@btsglobal.com.br
Google Plus Linkedin Twitter Facebook
Empresa de Tradução com mais de 15 anos e 5.000 clientes atendidos.

Idiomas oferecidos

Tradução para português Tradução para inglês Tradução para espanhol Tradução para italiano Tradução para alemão Tradução para francês
Publicado por Luiz Fernando Casanova Doin, em 08/11/2012, na(s) categoria(s): Notícias.

Dicionário ganha novas palavras estimuladas pela tecnologia e internet

Saiba qual é o trabalho do dicionarista e como as palavras vão parar no dicionário

A nossa fala é viva, popular e está em constante transformação. A cada ano surgem novas expressões que ganham força nas ruas e principalmente na internet. O que pouca gente sabe não sabe, é que muitas dessas palavras já estão no dicionário e algumas bem conhecidas.

Na rua todo mundo conhece a palavra “Ricardão”. O vendedor Ademir Sanches não tem coragem de explicar, mas avisa. “Tem muito Ricardão andando por aí”. Ricardão, no dicionário quer dizer “o outro, o amante”.

Hoje eu já “tuietei”, “bloguei”. A tarde vou assistir a um filme em um “blu ray”, à noite tem “balada”. Essas expressões, palavras e até verbos que estão na boca do povo há algum tempo e que agora também tem espaço nos livros. Com a modernidade, a língua portuguesa também ganhou novos verbos: tuitar e blogar.

Muitos nomes estrangeiros também invadiram as ruas. A lista é grande: nerd, chororô, sex shop, Enem, flex, test drive e até a saidinha de banco. Alguns produtos e marcas, de tão conhecidos, viraram sinônimo.

O famoso curativo “band-aid” também ganhou espaço, só que foi “aportuguesado”. Ao contrário da marca que tem hífen, o que foi para o dicionário se escreve tudo junto e como se fala. “bandeide”.

Muita gente tem curiosidade para saber como as palavras vão parar no dicionário. O professor e dicionarista Francisco Borba explica como é o trabalho de registrar estas palavras. A função do dicionarista é recolher as palavras das mais diversas fontes e colocá-las numa determinada ordem dentro dos dicionários”, explica.

Francisco Borba é um caça palavras e já lançou três dicionários e prepara mais um, só que agora com ajuda de um aliado, uma ferramenta moderna: a internet, que facilitou a busca por novas palavras, inclusive pelas palavras estrangeiras. “A língua é uma entidade dinâmica e está sempre em movimento”, finaliza Borba.

Fonte:http://eptv.globo.com/noticias/NOT,3,3,355915,Sao+Carlos+Araraquara+Dicionario+ganha+novas+palavras+tecnologia+internet.aspx

No Comments »

No comments yet.

Leave a comment